Blog

Ex e futuro ministro da Saúde justifica escapada do cargo: “Tenho lado”

“Deputado por um dia” para ajudar o governo no Congresso, Marcelo Castro (PMDB-PI) deve reassumir ministério amanhã

VC_Ministro-da-Saude-fala-sobre-a-vacina-contra-o-Zika-Virus_11012016001

Nesta quinta (18), o ex e futuro ministro da Saúde Marcelo Castro (PMDB-PI) deu uma explicação no mínimo estranha sobre sua exoneração-relâmpago para votar no aliado do governo para a liderança do PMDB na Câmara:

Tenho um lado, nunca estive em cima do muro.

O problema é que o ministro ausentou-se de uma guerra travada em prol de todos os brasileiros – a contra o Aedes Aegypti – para cerrar trincheiras em uma batalha que só interessa a Dilma e ao governo.

Enquanto isso, certo jornalismo se esforça em divulgar a versão que a presidente teria aconselhado Castro a não deixar a pasta temporariamente. Esta versão esquece convenientemente que, para que a operação seja completa, é a própria Dilma quem precisa assinar a renomeação dele ao cargo. Alguma dúvida de que ela fará exatamente isso amanhã?

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

To Top