Blog

Força de Temer preocupa PT

O vice, que assume em caso de impeachment, já é a principal figura da articulação política do governo. E o partido de Dilma não está preocupado.

Dilma Rousseff - Michel Temer

A informação é de Alberto Bombig e Erich Decat, no Estadão, trecho a seguir:

“Movimentação do vice, que tem conversado com empresários e líderes da oposição, estimula dirigentes petistas a suspeitarem que ele esteja se colocando como ‘alternativa de poder’ – O vice-presidente Michel Temer decidiu assumir na prática o papel de fiador da gestão Dilma Rousseff no governo federal. Em conversas recentes com empresários e aliados políticos, o peemedebista demonstrou estar convicto de que qualquer caminho de saída da crise passa necessariamente por ele e pelo partido que comanda.”

A grande e cruel verdade é que, de fato, Michel Temer precisa mesmo buscar uma articulação já pensando na hipótese de tornar-se Presidente da República. Isso porque o impeachment é uma possibilidade forte e, caso ocorra, será preciso um esforço de todos os demais setores para tentar reerguer o que foi destruído.

Pode ser que Temer realmente esteja apenas atuando como fiador do governo, sem dúvida, mas não seria estranho que também houvesse conversa para o caso de tornar-se o presidente. E já escrevemos aqui sobre as especulações de nomes que poderiam integrar seu governo.

Notícias Recentes

To Top