Blog

Fundo de Amparo ao Trabalhador precisará de R$ 43 bilhões em aportes para equilibrar contas

A grande precisará vir do Tesouro Nacional. Ou seja, do seu suor.

A situação do Fundo de Amparo ao Trabalhador está tão delicada após os estragos feitos pelo governo Dilma na economia que o FAT precisará receber consecutivos e bilionários aportes para equilibrar as contas e cumprir com suas obrigações, como o pagamento do seguro desemprego. A expectativa é de que, já a partir de 2016, tais aportes sigam a escala anual de R$ 7,3 bilhões, R$ 9,87 bilhões, R$ 10,9 bilhões e, finalmente, R$ 14,8 bilhões em 2019.

O que aconteceu com o FAT para ficar nessa situação? Bem… Foi drenado pelo BNDES para bancar projetos de empreiteiras no exterior. As mesmas empreiteiras corruptas flagradas pela Lava Jato. Nos mesmos países os quais o PT mantém obscuras relações políticas.

O brasileiro passará muito tempo quitando o custo PT.

Mais Lidas

To Top