Blog

Fundo de aposentadoria da Petrobras, envolvido na Lava Jato, tem rombo de R$ 27,3 bilhões

Sim, os empregados que pagarão essa conta.

A Petrobras, como muitas empresas públicas, possui um fundo de pensão destinado à aposentadoria de seus funcionários, a fim de complementar o valor que todos receberiam normalmente. Trata-se do “Petros”, cujo custeio (obviamente) se dá mediante desconto em folha.

Por tratar-se de uma empresa imensa, o saldo desse fundo é também imenso. E é aí que a coisa fica perigosa.

Isso porque esse fundo foi envolvido em todo tipo de negociata, causando prejuízo a todos os colaboradores que, de novo é óbvio, são os funcionários da empresa. Segundo depoimento de Nestor Cerveró, o então ministro Edison Lobão deu ordem para que verba do “Petros” atendesse o banco BVA.

E agora revela-se o rombo de tantos e tantos atos congêneres: R$ 27,3 bilhões. Sim, isso mesmo, VINTE SETE BILHÕES E TREZENTOS MILHÕES DE REAIS.

Os funcionários terão de pagar por isso. Depois, ainda dizem que pensavam no “trabalhador”…

Fonte: Folha de SP

Mais Lidas

To Top