Blog

Gestão Dória: Prefeitura de SP aluga carro blindado, mas contrato é da gestão petista

A notícia circulou pelas redes em tom acusatório, porque o pessoal só leu o título.

Foto: SECOM / PMSP

Um dos grandes problemas da comunicação atual nem é tanto a pós-verdade, mas também o (péssimo) hábito de ler apenas os títulos e compartilhar uma matéria sem checar o resto do texto. E isso ocorreu hoje com um post do Estadão.

A rapaziada militante, ao ler a deliciosa manchete, rapidamente repassou:

“Mesmo com carro próprio, Doria gasta R$ 24 mil com verba de automóvel”

Deveriam ter lido o resto:

“Os pagamentos foram feitos em dois contratos de locação de 1 veículo blindado cada um para uso do prefeito, sem motorista, mas com combustível incluso: R$ 16,3 mil no primeiro e R$ 8,2 mil no segundo. Ambos foram assinados em 2014, na gestão do ex-prefeito Fernando Haddad (PT), que usava automóveis alugados no trabalho. A gestão Doria afirma que o prefeito tem usado seu carro particular para trabalhar, conforme prometido ainda em 2016, mas que para cumprir o protocolo de segurança do chefe de executivo, precisou manter o aluguel de um carro blindado reserva, que pode ser usado em alguns deslocamentos dele. O segundo contrato de locação de automóvel não será renovado, segundo a gestão.” (grifamos)

Pois é. Faltou atenção a isso. A matéria também recebeu críticas, mas ela traz em seu conteúdo todos os fatos, embora a manchete possa talvez induzir ao erro.

Quem passou e passa vergonha, mesmo, foram os militantes, que compartilharam sem prestar atenção no detalhe.

Acontece.

Fonte: Estadao

To Top