Blog

Que “golpe” mais esquisito… Nas eleições de 2016, PT continua aliado ao PMDB!

É patético demais até mesmo para os petistas.

PT_PMDB_Alianca_ Foto Alan Marques Folhapress

Olha que situação engraçada: a um só tempo, PT precisa diz que é vítima de um “golpe”, que o PMDB é o “golpista” e ainda assim mantém aliança com o partido nas eleições municipais. E não se trata de algo tácito, mas sim de decisão da cúpula da legenda: ficam permitidas e mantidas as alianças com os peemedebistas.

“Ah, mas isso é coisa lá dos rincões, onde essas parcerias acontecem ao largo da política nacional!” – gritará um militante.

Nada disso. Um dos focos é a gestão de Fernando Haddad, que corre sérios riscos (no geral, pelo fato de que se trata do pior prefeito dos últimos tempos). Na capital paulista, por exemplo, as siglas que participaram do “golpe” poderão estar ao lado do PT.

Mas, sim, mesmo o PMDB seguirá aliado dos petistas em muitas cidades. O partido não proibiu isso.

Resta saber como vão continuar sustentando com um mínimo de honestidade intelectual a tese do “golpe”. Porque a militância mais bovina reproduz tudo que mandam, ok, porém as pessoas com algum senso não entenderão nada. Imaginem, por exemplo, um estrangeiro tentando compreender que raio de “golpe” é esse.

A prova definitiva de que o impeachment foi totalmente dentro das regras da democracia. E que, enquanto chora de forma falsa, os petistas também pensam no pragmatismo eleitoral da legenda.

Mais do mesmo.

Notícias Recentes

To Top