Blog

Guerra ao picho: com João Doria, prisões de pichadores cresceram 1.850% em São Paulo

Sob os cuidados de Fernando Haddad, o total de prisões era quase zero

João Doria declarou guerra aos pichadores que emporcalham São Paulo. Afinal, nada menos do que 97% da população é contra pichações. Com isso, a GCM foi às ruas. O número de detenções não assusta. Mas espanta, no entanto, a comparação com a gestão anterior.

Em janeiro de 2017, foram detidos 39 pichadores em São Paulo. E por que há um crescimento de 1.850% ali no título? Porque, no mesmo período de 2016, a gestão Haddad prendeu apenas dois meliantes.

Dois. Um número que não parece compatível com o tamanho de São Paulo, ou mesmo com a quantidade de muros e monumentos atacados diariamente na cidade.

O que leva a entender que não havia tanto interesse assim em combater o problema.

Fonte: G1

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

Mais Lidas

To Top