Blog

Há pelos 7 problemas que a organização da Rio 2016 não vem conseguindo contornar

Vice-presidente do COI nunca trabalhou em Olimpíada mais complicada do que a do Rio de Janeiro

John Coates não falou nem à imprensa brasileira, mas à britânica mesmo. O vice-presidente do COI não teve pudor em definir a Rio 2016 como “os Jogos mais difíceis que temos encontrado em termos da situação econômica e política“. Por mais que a imprensa brasileira, mais interessada na audiência das competições, tente mascarar o caos, ele surge nos depoimentos dados pelos organizadores.

Há sete pontos, contudo, que geram mais dor de cabeça nos bastidores. A saber:

  1. O transporte
  2. A segurança
  3. As filas enormes
  4. Os ingressos que não vendem
  5. As arquibancadas vazias
  6. A situação dos voluntários
  7. E até mesmo a cor da água das piscinas

Mas estão longe de serem os únicos. Há ainda toda uma gama de problemas operacionais irritando os membros da entidade.

A Rio 2016 parece uma criança levada de tanto problema que acumula. Cadê o pai e a mãe desse pestinha?

To Top