Blog

“Hotéis do crack”, de Haddad, são depredados. Alguém está surpreso?

O prefeito de São Paulo esperava acabar com a cracolândia dando dinheiro aos viciados e os hospedando em hotéis. Resultado: claro que não deu certo. O primeiro efeito foi inflacionar o valor da pedra; agora, os próprios hotéis foram depredados.

S�O PAULO, SP, 02.11.2014: GRAFITE-SP - Os grafites do túnel José Roberto Melhem, que liga Av. Paulista a Avenida Rebouças, apagados para a divulgação de uma festa universitária, estão sendo pintados novamente. O Prefeito Haddad, acompanhado de sua esposa, Ana Estela Haddad, aproveitou para fazer um grafite e fez o rosto do Pato Donald. (Foto: Marcelo D'Sants/Frame/Folhapress)

É claro que daria errado. Qualquer um poderia prever o fracasso desse programa. Mas Haddad – e sua militância presente nas redes sociais e na imprensa – prosseguiu com o programa “Braços Abertos”. A iniciativa genial consiste em dar DINHEIRO a viciados de crack; afinal, como sabemos, com dinheiro na mão eles deixam de usar a droga.

O efeito imediato, diante do óbvio e esperado aumento da demanda, foi AUMENTAR o preço da pedra. Mas a prefeitura insistiu e agora até mesmo os “Hotéis do crack” foram depredados. Confiram aqui. Devemos rememorar, aliás, que traficantes circulavam com crachás da prefeitura.

Será que algum fã do “prefeitão” ainda defende esse programa? O que mais precisa acontecer de errado para que reconheçam também esse fracasso na pior gestão da história de São Paulo? Vamos aguardar.

Notícias Recentes

To Top