Blog

Indicador de desemprego dispara e é o maior desde 2007

ICD, da Fundação Getúlio Vargas, subiu pelo quarto mês seguido.

Muitos economistas deram esse alerta desde a metade do ano passado e os dados se encaminhavam para isso. Agora, mais uma confirmação: o Indicador Coincidente de Desemprego, da FGV, tem hoje seu maior índice desde 2007 – depois de subir pela quarta vez seguida. Para se ter uma ideia do montante, o aumento acumulado em relação aos 12 meses anteriores foi de praticamente 36%.

E é fundamental ressaltar que as taxas de desemprego seguem um cálculo já muito “peculiar”.

Pelo visto, 2016 será um longo ano.

Mais Lidas

To Top