Blog

Ironia numerológica: Marcelo Odebrecht confessa R$ 13 milhões em espécie para Lula

O destino tem disso.

A esta altura, todos já sabem que Marcelo Odebrecht falou tudo e mais um pouco para o juiz Sergio Moro, em audiência de julgamento da Operação Lava Jato. Confessou que Lula é o “amigo” das planilhas, confessou a compra de terreno onde seria o instituto, falou até de dinheiro em espécie ao petista.

Porém, a história vez por outra acontece de forma irônica.

Quis o destino, vejam só, que a quantia em espécie (pois é, dinheiro vivo!) destinada a Lula fosse de R$ 13 milhões, segundo o empreiteiro. Sim, o CABALÍSTICO 13. Uma dinheirama, não é mesmo?

Nos termos do depoimento, o saque foi efetuado por Antonio Palocci, atualmente também preso, e a quantia era destinada a Lula.

Caso comprovado, o episódio serve para dissipar uma narrativa até então relativamente forte: tais práticas não visariam ao enriquecimento de ninguém, mas sim à luta partidária, política, ideológica etc.

Será? A ver.

Fiquemos, por ora, com essa ironia do destino.

Fonte: Estadao

Notícias Recentes

To Top