Blog

Juiz determina abertura de ação contra Dilma por suspeitas na troca do ministro da Justiça

Ela terá de se explicar sobre demissão de Cardozo e declaração de novo ministro “enquadrando” agentes

O juiz federal Augusto César Pansini Gonçalves, da 1ª Vara de Curitiba, determinou a abertura “com urgência” de ação contra Dilma e o atual ministro da Justiça Eugênio Aragão. Ação popular ajuizada pelo deputado federal Fernando Francischini (SDD-PR), também solicitava que a Justiça proibisse o ministro de promover alterações no comando da Polícia Federal, mas o magistrado negou o pedido. A ação agora vai investigar se a demissão de José Eduardo Cardozo e a nomeação de Aragão tiveram como objetivo de interferir nas investigações da operação Lava Jato, após pressões de petistas incluindo o ex-presidente Lula.

Dilma agora será intimada a depor para esclarecer as circunstâncias da substituição do titular da pasta da Justiça. Este governo definitivamente virou um caso de polícia.

jose_eduardo_cardozo_dilma_rousseff_eugenio_aragao

To Top