Blog

Juros: cartão a 395% e cheque especial a 247%

É o maior percentual desde 1995! E Dilma disse em campanha que os outros causariam aumento nos juros…

dilma--

Não basta a grave Crise Econômica enfrentada, ainda por cima os juros disparam. Parece até brincadeira de mau gosto, mas é a pura verdade: são percentuais de 395 e 247, respectivamente para cartão de crédito e cheque especial. Confiram trecho da reportagem de Eduardo Cucolo, na Folha:

“A taxa média de juros no rotativo do cartão de crédito alcançou o patamar recorde de 395% ao ano em julho, segundo o Banco Central. Um ano antes, a taxa estava em 308% ao ano. Essa é a linha mais cara entre as principais modalidades de crédito para o consumo. A taxa média do cheque especial também subiu e fechou o mês passado em 247% ao ano, segundo o BC. Esse é o maior valor desde novembro de 1995, quando estava em 252% ao ano.”

Em campanha, Dilma Rousseff acusou adversários de plantar inflação para colher juros. Pois bem: é justamente em sua gestão que a inflação dispara e os juros batem recordes históricos. E ela ainda finge surpresa com a crise…

To Top