Blog

Justiça bloqueia R$ 102 milhões do PT e R$ 102 milhões do marido de Gleisi

Imagine a cara de quem contribuiu com a vaquinha para Dilma voar de jato da FAB…

Paulo Bernardo - Gleisi Hoffmann - Operação Custo Brasil

Verdade seja dita, nem todo mundo sofre de maneira igual as agruras da Crise Econômica. Vejam o caso do PT e de Paulo Bernardo, ex-ministro de Lula e Dilma Rousseff e também marido da senadora Gleisi Hoffmann. Ambos tiveram R$ 102 milhões bloqueados em suas contas bancárias.

Definitivamente, não é pouca coisa. A decisão partiu da  Justiça Federal no curso da Operação Custo Brasil (derivada da Lava Jato).

O bloqueio da conta do PT foi fundamentada no fato de que o partido seria o “principal beneficiário” do esquema, assim como Paulo Bernardo, que teria pago despesas de pessoal, aluguel de garagem e até um loft com a grana.

Enquanto isso, militantes arrecadam R$ 500 mil para Dilma voar de jatinho (ela não aceita pegar voos com o resto do povo).

Imagine a cara dessas pessoas, agora. Bom, não é preciso muita imaginação: será a mesma cara de sempre. Eles já nem se importam.

Atualização: o bloqueio à conta do PT foi suspenso.

Mais Lidas

To Top