Blog

Lava Jato: depoimento de Valério a Moro é bomba atômica com Celso Daniel e Mensalão

Como antecipamos em abril, os três maiores escândalos petistas foram reunidos na Lava Jato.

Em abril, coincidentemente no dia da mentira, avisamos que a Lava Jato ganharia contornos terríveis para o PT. A fase deflagrada naquele dia, “Carbono 14”, poderia complicar a vida do PT de formas ainda mais avassaladoras. Afinal, encontraram um fio de meada que viria desde o assassinato de Celso Daniel, passando pelo Mensalão e culminando no Petrolão.

A cúpula do PT teria sido chantageada por conta do homicídio do então prefeito de Santo André, um caso ainda repleto de mistério. Justamente Marcos Valério, figura-chave do Mensalão, participou das negociações para comprar o silêncio de Ronan Maria Pinto. E então os valores envolvidos nesse negócio foram “repostos” por meio do Petrolão, o que leva tudo para a Lava Jato.

O que era uma forte suspeita da fase “Carbono 14” agora se transformou em depoimento registrado. Aliás, Marcos Valério aproveitou para falar do uso, pelo PT, de blogs e jornalistas para massacrar adversários e destruir reputações.

Mas é preciso falar mais dessa verdadeira bomba atômica.

Não é mero acaso ou pura coincidência a reunião dos três piores escândalos petistas num único enredo. Os fatos são todos encadeados não por circunstâncias fortuitas, mas sim pela presença das mesmas figuras realizando as mesmas práticas. Não por acaso, a expressão “ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA” aparece em vários momentos.

Segundo a PF, Pasadena estaria ligada à “Orcrim” da Petrobras. O governador petista Fernando Pimentel, entre outros crimes em seu indiciamento pela PF, também consta o de “Organização Criminosa”. Paulo Bernardo, ex-ministro de Lula e Dilma Rousseff e marido da senadora petista Gleisi Hoffmann (PR), foi denunciado e o juiz, ao aceitou tal denúncia, destacou o trecho em que ele foi apontado como chefe da “Organização Criminosa”.

Todos eles agiam separadamente? Cada uma seria, no caso de haver condenação, uma “Orcrim” autônoma?

Eis que o próprio Lula, bem recentemente, foi ele mesmo denunciado como chefe de uma “Organização Criminosa” com o objetivo de melar a Lava Jato. Justamente a investigação que abarca todos os escândalos.

A coisa está ficando muito mais feia do que o imaginado.

To Top