Blog

Liberação da “pequena posse”: um ponto interessante que precisa ser levado em consideração

Reflexão procedente.

Ontem mesmo, falamos de questão importante levantada por uma internauta: os mesmos que pedem para aliviar ou mesom evitar a prisão para “crimes leves” são aqueles que lutam para que mesmo piadas sejam transformadas em crimes. Aí complica.

E agora, uma outra: atenuar em demasia para os que portam “pequenas quantidades” pode, no fim, estimular o tráfico a mudar seu modelo de negócios. Vale conferir:

Sem dúvida alguma, é uma questão de extrema relevância.

Sim, muitas vezes é exagerada a pena ao pequeno usuário, ou àquele que porta quantidade menor de drogas. Mas, antes de buscar a solução mais rápida do “libera tudo” para determinada categoria, é preciso atentar para o impacto disso na coisa toda.

E parece óbvio que, sim, a coisa sairá do atacado para o varejo; em suma, a tendência seria o tráfico usar mais e mais os “aviõezinhos”. E precisará aumentá-los em quantidade, ou seja, em número de pessoas. Vale a reflexão, portanto.

Fica o registro: muitas vezes, o internauta “anônimo” faz observações mais procedentes e interessantes do que a dos “especialistas” consultados para apenas corroborar uma ideologia.

To Top