Blog

Líder petista confessa: corte de Ministérios será apenas “simbólico”

Sibá Machado, líder do PT na Câmara, comete o ataque de sinceridade e coloca o governo em situação delicada. A reforma seria então uma “lorota” de Dilma?

Dilma Rousseff - Sibá Machado

Dilma Rousseff anunciou um “corte de ministérios”. Quantos? Quais? De qual valor? Nada foi informado. A imprensa caiu matando no que considerou amadorismo. Mas pode ser ainda pior: pura demagogia. Quem confirma isso é o líder do governo na Câmara, deputado Sibá Machado. O corte seria puro “simbolismo”, sem grande efeito financeiro. Uma confissão aparentemente mais atrapalhada que corajosa.

E a discussão, como sempre, não se concentra na crise econômica, mas sim na disputa de poder político, de espaços na estrutura de poder. Lamentável.

Mas o histórico é exatamente esse: Dilma classificava como “lorota” cortes ministeriais e o próprio PT sempre boicotou o tema. Agora, seja por excesso de sinceridade ou somente um deslize, o líder do partido na Câmara confessa que a coisa será mais “simbólica” que financeiramente efetiva.

Se for isso mesmo, então será uma lorota.

Mais Lidas

To Top