Blog

Lula é perseguido por acusações e processos? Roberto Jefferson responde em duas frases

Como sempre, uma análise ácida e direta.

As redes sociais costumam ser ingratas com quase todos os políticos. Na verdade, justiça seja feita, não há exatamente “ingratidão”, mas sim o reflexo da pouca habilidade de uso. Em suma: a maioria fala bobagem, por pura imperícia ou assessoria desastrosa, e a torcida reage com “carinho”.

Mas Roberto Jefferson é uma exceção, pois domina a linguagem das redes e sabe ser ferino e direto em poucas palavras.

Foi o que fez ainda hoje, ao falar da narrativa petistas segundo a qual as acusações – e processos – seriam parte de uma estratégia para impedir a candidatura de Lula em 2018. Vejam o que ele cravou (voltamos em seguida):

Pois é. A Operação Lava Jato começou em 2014 e Lula só se tornou réu depois de longas investigações, todas elas repletas de provas documentais, testemunhais e periciais (sim, o papinho de “convicção sem provas” nunca colou).

Antes disso, houve o Mensalão, denunciado pelo próprio Roberto Jefferson. E há, como sabemos, também outras investigações e procedimentos, como a Zelotes – para ficar só num exemplo.

Enfim, é preciso estabelecer pelo menos a ordem cronológica das coisas.

Notícias Recentes

To Top