Blog

“Lula enganou o mundo”, diz The Wall Street Journal, o maior periódico do planeta

O diário norte-americano, que tem a maior tiragem mundial, crava em manchete que o ex-presidente engambelou a todos.

The Wall Street Journal é o maior jornal do mundo, em circulação. Sua tiragem é de 2,378,827 de exemplares (para efeito comparativo, basta dizer que a segunda posição fica com o New York Times, com 1,865,318). Desse modo, é ainda mais emblemática a pancada que Lula recebeu da publicação.

Em artigo de hoje, afirmam que o petista teria passado uma conversa-mole no mundo inteiro. O título é um petardo: “How Brazil’s Lula Conned the World“. Em tradução mais simples, poderia ser: “Como Lula do Brasil enganou o mundo“). Ocorre que eles usam uma flexão de “con”, que tem a ver com o sentido de “confidência” e, desse modo, a referência é mais pesada. Ele teria “traído a confiança”, “ludibriado” mesmo.

Lula - The Wall Street Journal

O artigo é tardio, mas antes tarde do que nunca.

E aí desfiam aquele rosário que já conhecemos. Parecia uma coisa, era outra. A explosão econômica, prenunciada por matéria de capa da revista The Economist, era uma furada. E asseveram que este é um dos piores países do planeta para quem quiser começar um negócio.

Vale salientar que não se trata de uma matéria tratando genericamente da situação econômica, com explicações contextuais ou algo assim. Nada! É uma crítica DIRETA ao método político da enganação. É uma paulada, mesmo!

Tarde demais, não é mesmo? Ainda assim, antes tarde do que nunca.

Até que enfim o mundo passou a descobrir a verdade sobre o que realmente foram as gestões petistas, para além das lorotas divulgadas lá fora por articulistas ligados ao PT ou à esquerda.

A quem quiser ler na íntegra, o texto está aqui (infelizmente, apenas para assinantes)

Mais Lidas

To Top