Blog

Lula foi tão vaiado no Pan-Americano que nem conseguiu declarar a abertura dos jogos

Para quem achar que só Dilma e Temer enfrentaram problema semelhante em cerimônias esportivas

Foi há quase uma década e poucos se lembram. Como manda a tradição, a presença do presidente da República foi anunciada na cerimônia de abertura dos Jogos Pan-Americanos, em 2007, no Rio de Janeiro. Mas bastou o cargo ser mencionado no microfone para as vaias tomarem conta do estádio.

Na segunda vez, seria feito o convite para que Lula usasse o microfone e declarasse abertos os Jogos Pan-Americanos de 2007, mais ou menos como Michel Temer fez na abertura das Olimpíadas sete anos depois. E, igualmente, seria vaiado, mas a declaração findou feita por Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, numa das mais inesperadas quebras de protocolo, uma vez que o presidente chegou a ser convidado e teve sua imagem exibida no telão ao se aproximar do microfone.

Para relembrar o momento, basta acionar o player acima.

Notícias Recentes

To Top