Blog

Lula lá… no Petrolão?

Segundo reportagem do Estadão, Lula fez reunião com Paulo Roberto Costa sobre a compra da refinaria de Pasadena, uma negociação ainda mal explicada, com prejuízo de bilhões de dólares à Petrobras.

Segue trecho de reportagem de Fábio Fabrini e Fausto Macedo, do Estadão:

Auditoria indica reunião de Lula e Costa sobre Pasadena – Documento da Petrobrás lista audiência do ex-diretor com o então presidente para tratar da refinaria um mês antes de sua aquisição – Documento da Petrobrás indica que o ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa viajou a Brasília para se reunir com o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2006 com o objetivo de tratar da Refinaria de Pasadena, no Texas (EUA), um mês antes de a controversa compra da planta de refino ser autorizada.” (grifos nossos)

A compra de Pasadena é ainda um dos episódios mais tenebrosos do Petrolão. Em suma: uma refinaria que tinha custado 42 milhões de dólares acabou custando para a Petrobras, ao todo, 1,18 BILHÕES DE DÓLARES.

E as suspeitas não se restringem ao extremo e inexplicável mau negócio. O contrato trazia uma cláusula que poderia causar prejuízo à Petrobras, e o diretor Paulo Roberto Costa foi avisado disso. Dilma, na época, era presidente do Conselho de Administração da estatal e, pelo regimento, tinha o DEVER de requisitar documentos sobre a aquisição (mas não o fez). Além disso tudo, a Petrobras gravava as seções do Conselho de Administração, mas simplesmente DESTRUIU esses registros.

Agora, enfim, chegou-se a Lula. Que não parem por aí.

To Top