Blog

Lula será investigado pelo Ministério Público, diz jornal

Operador do mensalão afirma que despesas pessoais do ex-presidente foram pagas com dinheiro do mensalão

1339803681011.cached

O Ministério Público Federal vai apurar denúncias contra o ex-presidente Lula feitas por Marcos Valério. Em depoimento prestado no dia 24 de setembro do ano passado, Valério afirmou que “gastos pessoais” de Lula foram pagos com dinheiro do mensalão.

De acordo com o jornal “O Estado de São Paulo”, Gurgel tem repetido que as afirmações feitas pelo operador do mensalão precisam ser aprofundadas. Ainda segundo o jornal, a decisão de encaminhar a denúncia foi tomada em dezembro, logo após o fim do julgamento do mensalão.

Como Lula não dispõe de foro privilegiado, as acusações serão encaminhadas à primeira instância. O procurador da República que ficar responsável pelo caso deverá chamar o ex-presidente Lula para prestar depoimento. Marcos Valério também poderá ser chamado para dar mais detalhes sobre a acusação feita ao Ministério Público.

Atualização – 09/01/2013 às 14h:

O Ministério Público Federal divulgou nota desmentindo a informação do Estadão.

Abaixo a íntegra da nota, os grifos são nossos:

“Ao contrário do que foi publicado nesta quarta-feira, 9 de janeiro, pelo jornal O Estado de São Paulo, a Secretaria de Comunicação do Ministério Público Federal informa que o Procurador-Geral da República, Roberto Gurgel, ainda não iniciou a análise do depoimento de Marcos Valério, pois aguardava o término do julgamento da AP 470 (mensalão). Esclarece ainda que somente após a análise poderá informar o que será feito com o material. Portanto, não há qualquer decisão em relação a uma possível investigação do caso.

Secretaria de Comunicação Social

Procuradoria Geral da República”

Conforme vocês podem perceber, o Ministério Público não afasta a hipótese de investigar o ex-presidente, apenas diz que não foram analisadas as informações contidas no depoimento de Marcos Valério. Aguardemos.

O jornal O Estado de São Paulo reafirmou, em seu portal, o conteúdo da notícia divulgada nesta quarta-feira (9).

 

Mais Lidas

To Top