Blog

Maio, último mês de Dilma na presidência, teve o pior déficit da história: R$ 15,5 bilhões

Como sempre, ela bate recordes, até mesmo na despedida.

Dilma Rousseff - Deficit - Foto Evaristo Sa AFP

Como já salientamos aqui, não há qualquer possibilidade de solução a curto prazo. Pagaremos caro por muitos anos para consertar o estrago feito por Dilma Rousseff e pelo PT.

Mas, é claro, os petistas não ligam para esse tipo de detalhe e tentam colocar a culpa já no novo governo. O senador Lindbergh Farias (PT/RJ), por exemplo, chegou a fazer troça com dados de desemprego, imputando-os a Michel Temer, sem perceber que o levantamento fazia referência ainda a período sob Dilma.

Agora, de acordo com os dados do Banco Central, do Tesouro Nacional e da Previdência, tem-se que o mês de maio de 2016 foi o PIOR DA HISTÓRIA quanto ao déficit. Nada menos que R$ 15,493 bilhões. Mais um recorde da presidente afastada, até mesmo na hora da despedida.

Há muito pela frente e não será nada fácil, mas o pior já passou. Ao menos isso.

Porém, ainda teremos alguns dados negativos pela frente, diante da devastação provocada na economia. Estejamos preparados para as mentiras que virão, a fim de tentar livrar a cara da Dilma e do PT. Porque a culpa é deles, sim.

To Top