Blog

Médicos estrangeiros: nem 10% são aprovados pelo Revalida

Somente UM QUARTO dos cubanos passam na primeira fase do exame.

só esse tiquinho passa na prova, ó

só esse tiquinho passa na prova, ó

Segue trecho de reportagem do G1 e já voltamos:

9,72% dos médicos são aprovados na primeira fase do Revalida – Exame é necessário para revalidação do diploma de medicina. Segunda fase ocorre em 4 de novembro. Somente 9,72% dos inscritos no Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeiras (Revalida) 2013, o equivalente a 155 candidatos, foram aprovados para a segunda fase do exame. Os resultados foram divulgados nesta segunda-feira (28), e os candidatos podem fazer consultas individuais no site do Inep. A segunda fase, de habilidades clínicas, na qual os participantes realizam simulações de atendimento médico, acontecerá em Brasília (DF), nos dias 30 de novembro e 1° de dezembro. Os aprovados precisam se inscrever e pagar a taxa de R$ 300 até 4 de novembro (…) Na edição de 2012, 884 pessoas de várias partes do mundo se inscreveram para o Revalida, e apenas 77 (menos de 9%) conseguiram a aprovação no exame. O Brasil respondeu pela grande maioria dos inscritos (560), mas apenas 7% dos candidatos foram aprovados. O país ficou na sexta colocação no ranking de índices de aprovação. Os países que obtiveram o maior êxito neste quesito foram Venezuela (27%) e Cuba (25%), apesar de o número absoluto de inscritos ter sido pequeno. Nenhum candidato com nacionalidade de países da Ásia, África ou América do Norte conseguiu passar na prova do MEC.” (grifos nossos)

De volta
Não é por acaso que o governo evita ao máximo que os profissionais do “Mais Médicos” façam tal exame. A badalada Cuba, vejam só, não consegue aprovar mais que um quarto de seus médicos. Imagine se o país deixa de ganhar a comissão em cima de 3/4. Não pode. Por isso, não haverá revalida aos “profissionais” do Mais Médicos.

To Top