Blog

Mensaleiros não estarão ao lado de Dilma em festa do PT porque “palco é pequeno”

José Dirceu e demais condenados pelo mensalão deverão ficar ao lado dos convidados em festa que comemora os 10 anos de PT no poder

congresso_pt_dilma_dirceu_700_ae

Informação do jornal O Estado de São Paulo:

O PT não vai transformar o ato político de hoje, programado para comemorar os 10 anos do partido à frente do governo, num desagravo aos réus do mensalão. A polêmica sobre o assunto foi arquivada depois que os petistas resolveram usar a data para “vender” as realizações dos governos Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff para se contrapor aos tucanos.

Com a estratégia, o PT também quer defender Lula dos ataques que sofreu nos últimos meses de parte do empresário Marcos Valério Fernandes de Souza, o operador do mensalão. O presidente do PT, Rui Falcão, disse ontem que petistas condenados pelo Supremo Tribunal Federal no processo do mensalão, como o ex-ministro José Dirceu, não estarão no palco, hoje, ao lado de Dilma e Lula.

“O palco é pequeno”, justificou Falcão, ao negar o objetivo de evitar constrangimentos para o governo e problemas para a campanha presidencial de Dilma em 2014. “No palco só estarão os ministros, os representantes dos partidos aliados, Paulo Okamoto, que é presidente do Instituto Lula, Márcio Pochmann, da Fundação Perseu Abramo, eu, a presidenta e o ex-presidente Lula”, avisou. Ex-presidente do PT, condenado pelo STF a dez anos e dez meses de prisão, e apontado como chefe da quadrilha, Dirceu ficará entre os demais convidados da festa.

Leia a íntegra aqui.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

To Top