Blog

Mercado financeiro aventa impeachment de Dilma

Após a eleição de Eduardo Cunha, a idéia começou a circular entre investidores, banqueiros e analistas brasileiros e no exterior.

Dilma-mão-na-cabeça1

Segundo o Estado de São Paulo, após a eleição de Eduardo Cunha para a presidência da Câmara, começou a circular entre banqueiros, investidores e analistas no Brasil e no exterior a possibilidade de um impeachment de Dilma, caso as investigações sobre o escândalo da Petrobrás resvalem pro Planalto.

Essa ideia ficou mais forte a medida que a crise do Petrolão se agravou, com o envolvimento e prisão de mais executivos de empreiteiras.

To Top