Blog

Ministro da Saúde é exonerado pela segunda vez em menos de dois meses

Marcelo Castro (PMDB-PI) é o ministro “flex”: quando o governo precisa, ele volta à Câmara para votar

aliado-do-planalto-e-de-leonardo-picciani-castro-pode-ajudar-a-impor-der

A ainda presidente Dilma exonerou nesta quinta (14) quatro ministros que são deputados para que eles pudessem voltar à Câmara e votar contra o impeachment. O caso mais emblemático é o do ex-atual-ex-futuro ministro da Saúde Marcelo Castro (PMDB-PI), notório pelas gafes em declarações e eventos públicos. Ele já havia sido exonerado por um dia, na metade de fevereiro, para ajudar o governo na eleição do líder do PMDB na Câmara. Desta vez, talvez não tenha tempo de ser nomeado novamente.

também fazem parte da tropa de choque dilmista os titulares da Ciência e Tecnologia (Celso Pansera – PMDB/RJ), Aviação Civil (Mauro Lopes  – PMDB/MG) e Desenvolvimento Agrário (Patrus Ananias – PT/MG). Caso o processo siga para o Senado, os ministros que são senadores devem fazer o mesmo.

Mais Lidas

To Top