Blog

Ministro que trabalhou apenas 70 dias para Dilma receberá 6 meses extras de salário integral

Sim, e você pagará os milhões de reais gastos nessa farra

Luiz Augusto Fraga Navarro de Britto Filho foi nomeado por Dilma Rousseff para a Controladoria-Geral da União em 3 de março de 2016. Não se demoraria no cargo, pois, com o afastamento da presidente, viria a ser exonerado em 12 de maio de 2016. Ao todo, esteve no cargo por apenas 70 dias. Mas receberá mais 6 meses de salário pois ganhou direito à “quarentena”, ou a uma espécie de “seguro-desemprego” que garante a autoridades brasileiras salários integrais por até um semestre após a demissão.

No total, o dinheiro do contribuinte bancará R$ 185.400,00 nesse período, uma vez que o ordenado de Luiz Navarro superava os R$ 30 mil mensais. Mas não será o único. Outros 14 ministros de Dilma já foram agraciados, aproximando o prejuízo dos R$ 3 milhões.

Até o momento, 46 funcionários de Dilma Rousseff obtiveram o benefício, e outros 41 estão na fila aguardando uma decisão. O governo justifica o desperdício dizendo evitar, assim, conflito de interesses, ou seja, que funcionários que ocuparam cargos de tamanha importância compartilhem com futuros empregadores informações privilegiadas.

Mas não deixa de ser um absurdo.

Notícias Recentes

To Top