Blog

Ministro sinaliza que STF poderá rever benefícios da delação de sócios da JBS/Friboi

A declaração é de Marco Aurélio Mello.

Foto: Carlos Humberto / SCO / STF

Em seminário sobre delação premiada na Uniceub, em Brasília, o Ministro Marco Aurélio Mello (foto), do Supremo Tribunal Federal, disse o seguinte:

“Realmente a negociação pode partir do Ministério Público, mas quem fixa os benefícios é o Judiciário. Nesta delação de agora, o ministro Edson Fachin somente homologou o acordo nos aspectos ormais, não o conteúdo em si, o conteúdo em si será avaliado pelo órgão julgador, que é o plenário do Supremo”

É um sinal claro de que os benefícios concedidos aos sócios da JBS podem, sim, ser revistos pelo STF.

De fato, há polêmica quanto a eventuais benesses exageradas, embora – por outro lado – haveria base para isso pois o acordo foi realizado antes de denúncia/julgamento e, além disso, foram apresentadas provas contundentes.

Aguardemos, portanto.

Fonte: Estadao - blog de Fausto Macedo

Notícias Recentes

To Top