Blog

Motorista confessou ser laranja de gráfica usada pela campanha que reelegeu Dilma Rousseff

Dilma Rousseff, Michel Temer e Lula

E isso, claro, é uma péssima notícia para o governo Temer, que tenta evitar a cassação da chapa

Herman Benjamim está fazendo o que pode junto ao TSE para caminhar com o processo de cassação da chapa Dilma/Temer. E está colhendo depoimentos para confirmar que a campanha da petista fez uso de gráficas para lavar dinheiro sujo.

Conforme publicado na coluna Radar Online, da Veja, um motorista, que oficialmente seria dono de uma das gráficas, confessou não só que atuava como laranja, mas que teria recebido quase o triplo do que se imaginava: em vez de R$ 6 milhões, teriam sido R$ 17 milhões.

É muita grana. A proporção, contudo, fortalece uma suspeita surgida há um tempo: via caixa dois, a campanha de Dilma em 2014 teria custado o triplo do que foi anunciado. Isso daria algo por volta do bilhão de reais.

Fonte: Veja

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

Notícias Recentes

To Top