Blog

Na capa da Isto É: Lula e Dilma, os sabotadores do Brasil

A reportagem não poupa os dois petistas.

Lula - Dilma Rousseff - Isto E - Sabotadores do Brasil

A revista Isto É vem se destacando como grande crítica do governo de Dilma Rousseff e também da postura petista nos últimos tempos. A edição desta semana não fugiu desse riscado, com o detalhe de ter sido a mais contundente desde que o semanário passou a adotar um tom mais duro.

Já na capa, a paulada (vejam a seguir): Lula e Dilma seriam os “sabotadores do Brasil”.

IstoE - sabotadores

O texto da matéria é igualmente “enfático”, por assim dizer. E não se trata de histrionismo sensacionalista. Bem longe disso. Eles pormenorizam todo o contexto atual. Alguns trechos são verdadeiras “voadoras com os dois pés”. Vale conferir:

“Tal como o imperador Nero fez com a capital ocidental do Império, para depois atribuir a culpa aos cristãos, o PT pôs em marcha, nos últimos dias, o que internamente chamou de “política de terra arrasada”. Orientados pelo ex-presidente Lula, com o beneplácito da presidente Dilma Rousseff, e inflamado por movimentos bancados pelo governo, o partido resolveu tocar fogo no País – no sentido figurado e literal (…)

Não importa o colapso da economia, os 11 milhões de desempregados nem se a Saúde, a Educação e serviços essenciais à população, que paga impostos escorchantes, seguem deficientes. A luta que continua, companheiros, é do poder pelo poder. Como Nero fez com os cristãos, a intenção dos petistas é de que a culpa, em caso de eventual fracasso futuro, recaia sobre a gestão do atual ocupante do Palácio do Jaburu. (…)

…a determinação expressa no Planalto é a de deletar arquivos e sonegar informações sobre a administração e programas para, nas palavras de Lula, deixar Temer “à míngua” durante o processo de transição. “Salvem arquivos fora do computador e a apaguem o que tiver na máquina. Em breve, a pasta será ocupada por um inimigo”, disse um auxiliar palaciano à ministra da Agricultura, Kátia Abreu, fiel aliada de Dilma (…)

‘Vamos infernizar o Temer. Agora é guerra’, conclamou Lula em reunião com Dilma na segunda-feira 25. No PT, tarefa dada é tarefa cumprida, principalmente quando o objetivo é o de promover arruaças e incendiar as ruas. Na quinta-feira 28, coube aos soldados de Lula a tarefa de começar a colocar o plano em prática. Em pelo menos nove estados, movimentos como o MST e o MTST que, ultimamente, só têm fôlego e alguma capilaridade pelo fato de serem aquinhoados pelas benesses oficiais, puseram fogo em pneus e paralisaram estradas e avenidas, causando transtornos à população. Além do bloqueio de rodovias, os manifestantes planejam invasões de terras e propriedades privadas, onde o apogeu será o 1º de maio.” (grifos nossos)

Como era de se esperar, a militância ficou possessa com a reportagem. Mas cabe indagar: falaram alguma mentira?

leia aqui a íntegra

To Top