Blog

Não sabe a escrita correta? É fácil decorar: “Pixar” é arte, “pichar” não é

Com esse macete, não tem erro. Você nunca mais esquece.

Em São Paulo, João Doria declarou guerra aos vândalos que sujam propriedades públicas e privadas com tinta. A sujeira combatida é um ataque – ainda que dos mais toscos – ao capitalismo? É! Portanto, a esquerda irá defender, ainda que isso prejudique principalmente a população mais pobre dos centros urbanos. E, por dominar a pauta dos principais veículos do país, colocará o tema em debate, ainda que não haja o que debater.

Contudo, tem ocorrido muita confusão a respeito da escrita do termo. Pichador? Pixador? Pixação? Pichação? Qual seria o correto?

O Implicante usa um macete bem simples: Pixar é arte, pichar não é.

Ou seja: “Pixar” é o estúdio de animação norte-americano que já recebeu 27 Oscars por obras de arte como Wall-E, Toy Story, Procurando Nemo, Monstro S.A, Up e tantos outros. Já “pichar” remete ao vandalismo que vende insegurança, desvaloriza bairros, polui visualmente as cidades, prejudica comércios, gera desemprego e torra principalmente a paciência dos mais pobres – ou você acha que pichação dura muito tempo nos bairros ricos?

Com esse macete, não tem erro. Você nunca mais esquece.

Notícias Recentes

To Top