Blog

No Pará: PT ignora que chama o PMDB de golpista e segue aliado de Jader

Golpe? Que golpe? O PT paraense permitiu aos filiados manterem cargos no governo Temer

Para o PT do Pará, o impeachment de Dilma Rousseff teria sido um golpe do PMDB, contudo, não vê problema em se aliar ao peemdebista Jader Barbalho nas próximas eleições. Mais do que isso, está autorizado aos seus filiados manterem os cargos que possuem no Governo Federal, sim, aquele que está sob os cuidados de Michel Temer. A resolução política que impediria a aliança e a permanências nos cargos foi alterada.

O movimento pró PMDB paraense foi liderado pelo senador Paulo Rocha, do PT.  No dia da votação do impeachment, ele diria no Senado: “A Presidenta da República não cometeu crime de responsabilidade, mas isso não tem a menor importância para servir e justificar o golpe.

Aparentemente, nem o papo de “golpe” tem a menor importância para Paulo Rocha.

Que o paraense perceba o golpe, desta vez sem aspas, nas próximas eleições,

Notícias Recentes

To Top