Blog

Nova operação: PF apura crime eleitoral e lavagem de dinheiro na campanha do petista Haddad

É a campanha de 2012.

Lula, Haddad e Maluf, aliados na campanha de 2012 - Foto: Adriana Spaca / Brazil Photo Press

Sob as bênçãos de Lula e com aliados não exatamente louváveis, Fernando Haddad venceu a corrida eleitoral paulistana em 2012. Apresentava-se como o “novo”, prometeu obras como o Arco do Futuro e, no fim, as coisas acabaram não dando muito certo. Na tentativa reeleitoral, perdeu no primeiro turno para João Doria.

E agora as coisas podem ficar ainda menos agradáveis.

Isso porque a PF deflagrou a Operação Cifra Oculta, que apura eventual crime eleitoral e lavagem de dinheiro na campanha do petista em 2012. Trata-se de um desdobramento da Lava Jato, decorrente da delação de executivos da UTC.

Teria sido paga propina uma dívida da campanha de Haddad com uma gráfica, no valor de R$ 2,3 milhões. Tal gráfica, por sinal, é uma das que aparecem na ação do TSE contra a chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer.

As partes negam.

Fonte: Folha de SP

Notícias Recentes

To Top