Blog

O cerco se fechando: delator promete entregar provas do envolvimento de Lula no Petrolão

Lula | Foto: Valter Campanato/ABr

Fernando Baiano prometeu identificar a operação bancária que comprova a transação para a nora de Lula.

Segundo Fernando Baiano, Lula recebeu, por pelo menos duas vezes, José Carlos Bumlai e João Carlos Ferraz para discutir os contratos que teriam resultado em pagamento de cerca de R$ 2 milhões para a nora do ex-presidente. Os encontros ocorreram no Instituto Lula ainda em 2011. A propina desse acordo era calculada em cima de 1% sobre os contratos de R$ 22 bilhões para a contratação de 28 navios-sonda. Parte dela irrigou o caixa do PT.

Ainda na delação, Fernando Baiano se comprometeu a entregar a prova de que está falando a verdade. Ela deve vir da identificação da operação bancária do pagamento efetuado à nora de Lula.

Resta saber se, ao encarar a prova, Lula dirá que nada sabia ou mal conhecia a própria esposa do filho, a exemplo do que fez com seus (ex?) amigos Alexandrino Alencar e Bumlai.

Lula

Leia também | Piada no exterior: encontro de Dilma com presidente suspeito vira piada na Finlândia

To Top