Blog

O governo Dilma virou uma “gestão zumbi” e três pontos comprovam isso

Já morreu, só esqueceram de enterrar.

size_810_16_9_dilma-rousseff-em-dezembro-de-2015

Dilma Rousseff pode até ficar “oficialmente” na presidência, mediante alguma manobra ou adiamento do impeachment, mas a verdade é que seu governo já acabou. E há três razões para atestar isso:

a) falta de base/apoio: na própria votação da comissão especial de impeachment, a cacetada foi forte e significativa demais, com apenas 199 deputados pró-governo e 272 contrários. Dias antes, no Senado, houve outra surra expressiva, na qual mantiveram preso o líder do governo na Casa, Senador Delcídio do Amaral (PT/MS);

b) popularidade no chão: o governo é totalmente rejeitado pelo povo, de modo que toda e qualquer medida passa a ser questionada, criticada ou contestada de forma imediata. Sem apoio popular (e falamos aqui de uma impopularidade severa), a base parlamentar já fraca se torna ainda menor, já que deputados e senadores tendem a não bater de frente com seu próprio eleitorado;

c) incompetência: não se trata de uma gestão hábil e realizadora que agora se vê contestada, mas sim de uma administração TOTALMENTE INCOMPETENTE, que, mesmo com boa base parlamentar e certo período com bom apoio do povo, não fez nada, simplesmente nada. Imagine agora.

Soma-se a esses três fatores fundamentais o SIMBOLISMO de tudo e temos o óbvio: o governo Dilma é uma “gestão zumbi”.

Dilma Rousseff - gestão zumbi

Este governo até se arrasta por aí, mas já está morto. Só falta enterrá-lo.

Mais Lidas

To Top