Blog

O PT quer novas eleições? É só confessar ao TSE os crimes que cometeu para reeleger Dilma

Mas isso tem que ser feito logo, ou a nova eleição será INdireta

Não se escreve a palavra “patético” sem usar as letras “p” e “t”. Coincidentemente ou não, o PT está fazendo campanha para que novas eleições sejam convocadas. Pela lei em vigor, Michel Temer também teria que cair. Para isso, ou ele renuncia, ou a chapa que o elegeu é cassada no TSE. E isso pode ser dar de uma forma bem simples: com o próprio Partido dos Trabalhadores confessando à Justiça Eleitoral os crimes cometidos para reeleger Dilma Rousseff.

Mas os petistas precisam correr. Pela Constituição, decretada a vacância do cargo, o presidente da Câmara tem até três meses para convocar uma nova eleição direta. Isso, claro, se a queda ocorrer na primeira metade do mandato. Ocorrendo na segunda metade, a eleição se dá indiretamente, ou seja, com membros do Congresso votando em nomes dos eleitores que os escolheram.

Quando acaba a primeira metade desse mandato? Em menos de três meses, em 31 de dezembro.

Então, PT, se você de fato quer uma nova eleição direta, precisa correr e colaborar com a Justiça.

O Implicante tomará a liberdade de aguardar sentado.

Mais Lidas

To Top