Blog

O socialismo também os mata: cerca de 50 animais morreram DE FOME em zoológico na Venezuela

Os ursos, por exemplo, estão comendo apenas metade do que deveria. Os animais chegam a ficar 15 dias sem qualquer alimento.

Diferentemente do capitalismo, o socialismo é uma bizarrice forjada por mentes que negavam-se a aceitar a lógica das relações humanas. Lindo demais nos livros de história, converte-se em tragédias quando confronta a realidade. E chega a matar de uma das formas mais cruéis: fome. Agora, sabe-se que não só humanos viram suas vítimas, mas também os animais. O exemplo, claro, veio do mais recente experimento trágico, o da Venezuela, com seu socialismo do novo século.

O desabastecimento atingiu com força o país, uma vez que o socialismo quebrou o mercado local. Na falta de comida, a população ainda tenta recorrer a nações vizinhas. Mas precisa priorizar os seus iguais, e nessa os zoológicos venezuelanos perdem, com cerca de 50 animais morrendo de fome só no primeiro semestre de 2016.

A situação é bizarra de tal maneira que os leões estão sendo alimentados por vegetais e praticamente viraram herbívoros. Ursos estão comendo apenas metade da dieta que precisam consumir mensalmente. Porcos vietnamitas, antas, coelhos e aves chegaram a morrer após ficarem duas semana sem qualquer alimento.

E a esquerda brasileira, após muito apoiar esse absurdo, agora entrou numa de negar que se tratasse de socialismo de verdade. Claro. Porque o socialismo de verdade só existe nos livros. Na vida real, mata de fome.

To Top