Blog

Palocci será investigado por suspeita de lavagem de dinheiro

O Ministério Público de São Paulo abriu investigação criminal para apurar o envolvimento do ex-ministro Antonio Palocci em operação de lavagem de dinheiro. O processo foi aberto depois que investigações do Grupo Especial de Delitos Econômicos confirmaram denúncias publicadas na revista Veja.

O procedimento, aberto em setembro pela Promotoria estadual de São Paulo, não tem ligação com as apurações em curso no Ministério Público Federal, em Brasília.

A notícia abaixo é da Folha de São Paulo:

O ex-ministro Antonio Palocci é alvo desde o dia 29 de uma investigação criminal que apura a suspeita de seu envolvimento em uma operação de lavagem de dinheiro no aluguel do apartamento em que ele morava na zona sul de São Paulo.
O procedimento do Ministério Público de São Paulo foi iniciado depois da análise de documentos fornecidos pela Junta Comercial do Estado e cartórios de imóveis.
A documentação foi solicitada depois que o Gedec (Grupo Especial de Delitos Econômicos) do Ministério Público de São Paulo recebeu, em junho, uma representação do deputado estadual Pedro Tobias (PSDB-SP) com suspeitas contra o ex-ministro da Casa Civil do governo Dilma.
A petição reproduziu um texto da revista “Veja” que apontou que os donos do imóvel ocupado à época pelo ex-ministro, avaliado em R$ 4 milhões, teriam participado de operações financeiras na condição de laranjas.
Após uma verificação preliminar, o Gedec confirmou que o apartamento onde Palocci morou até julho tem como um de seus proprietários o comerciante Gesmo Siqueira dos Santos.
Siqueira é réu em diversos processos criminais relativos a fraudes e crimes tributários.

Íntegra aqui (para assinantes)

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

To Top