Blog

Para esta eleição, o PT se coligou com partidos “golpistas” em ao menos 1.683 municípios

De uma vez por todas: “narrativa” é “conversa fiada”. E isso está cada vez mais claro.

Você nunca entendeu a expressão “narrativa” tão usada pelo PT? Ora… É apenas uma forma mais acadêmica para “lorota”, “conversa fiada” ou “pra boi dormir”. Quando o petismo se dispõe a “construir uma narrativa”, ele busca fazer com que uma mentira seja repetida ao ponto de virar verdade. Neste sentido, não há exemplo maior do que o papo de que Dilma Rousseff está sendo vítima de um “golpe”, ou mesmo de que os petistas boicotariam os partidos “golpistas”.

Marcelo Castañeda assina uma coluna no Estadão como sociólogo. Mas, numa iniciativa independente, verificou a base de dados já consolidadas pelo TSE sobre as eleições 2016. Até o momento da redação deste texto, o colunista encontrou coligações do PT com PMDB, PSDB e DEM em ao menos 1.683 municípios. E o número só tende a crescer, já que o tribunal não concluiu a apuração de todas as candidaturas.

Ou seja, e obviamente: não há nada de golpe ou golpistas. Nunca houve. Só a narrativa, a lorota, a conversa fiada, campo de atuação no qual o PT é craque. Mas nem nisso vem dando certo.

To Top