Blog

Paulo Skaf apela no Twitter… mas atinge aliado de sua própria chapa!

Mostrando total desconhecimento do estado de SP, Skaf tentou usar eleitoralmente problemas de água em Itu, mas o sistema daquela cidade é gerido pelo próprio município – cujo prefeito é do PSD, partido de sua própria chapa (PMDB/PP etc.)

bróderes

bróderes

Esse é um daqueles casos em que a ignorância abraça a má-fé. Acompanhem. Paulo Skaf, candidato de Dilma (sim, dela! vejam aqui) ao governo de SP, resolve partir para o ataque sem noção e apela:

skaf_agua_itu_print

Forte, né? O problema – para ele – é que Itu não é da alçada da Sabesp, vez que tem seu próprio sistema de abastecimento por meio da empresa Águas de Itu. Não pára por aí: o prefeito, ainda por cima, é ALIADO DE PAULO SKAF! É mole?

O camarada a quem ele acusa (sobrou para ele o tuíte, ora pois!) de “mau gestor” é o prefeito Sr. Antonio Luiz Carvalho Gomes, o Tuíze, do PSD. Ele sucedeu Herculano Passos Jr., também do PSD, que é candidato deputado federal na chapa de Skaf. Herculano, por sinal, é cunhado de Luiz Antônio Fleury Filho, coordenador da campanha de Skaf.

Que vacilo, Skaf! Foi com tudo pra cima do adversário e acabou acertando, ainda que indiretamente, o coordenador da SUA CAMPANHA!

Certamente a (brilhante) assessoria de Paulo Skaf deve ter achado razoável tratar como problema de “gestão” a pior seca dos últimos 84 anos. Convenhamos, ninguém estava esperando campanha de alto nível, tanto mais quando se tem apoio expresso da Dilma (sério, vejam aqui) e ainda por cima o Maluf (é mole?, tá aqui) na coligação.

Mas, ao menos, o candidato deveria conhecer um pouco mais do estado que alega querer governar. Preparo é algo fundamental, não adianta fingir – porque uma hora a verdade aparece e fica feio (e estão aí Dilma e Haddad que não nos deixam mentir).

No mais, vamos facilitar para o candidato: NÃO CAIA NA BESTEIRA de xingar Tambaú (vejam aqui) e Viradouro (confiram comigo aqui), outras duas cidades que enfrentam racionamento. Assim como Itu, também são geridas por aliados de Skaf, do PSD (Roni Astolfo e Maicon Lopes, respectivamente), e mantêm sistemas municipais de abastecimento.

Em tempo: pessoal do DCE também precisa ficar ligeiro na hora de dizer que a seca histórica é “problema de gestão” – e nem digo isso apenas pelo absurdo que o PT (não) fez na transposição do São Francisco, que custou bilhões e nunca ficou pronta. Falo aqui de Guarulhos, prefeitura do PT há anos, que também tem empresa própria de água (vejam aqui). E claro que a cidade está enfrentando problemas, já que ninguém sabe fazer a dança da chuva.

To Top