Blog

Por que a violência cresceu no Brasil num período em que o PT alega ter reduzido a pobreza?

Ou não reduziu a pobreza, ou uma coisa não está ligada à outra como defende a esquerda.

A pergunta do título, com leve variação, foi feita pelo Globo no levantamento sobre o aumento das taxas de homicídio em 20 de 26 estados brasileiros. E é por demais pertinente. Afinal, a esquerda alega que a ocorrência de tantos crimes nasceria da falta de oportunidades concedidas pela sociedade aos mais pobres. Contudo, passou anos propagando que, entre 2005 e 2015, período do levantamento, o petismo reduziu a pobreza no país. Assim sendo, deveria também ter diminuído a violência, mas findou justamente no contrário.

Ou o PT não reduziu a pobreza, ou a violência não está intimamente ligada à condição social do indivíduo.

Na dúvida, o Implicante aposta em ambos: nem o PT reduziu a pobreza, nem a violência está necessariamente ligada ao tamanho dela.

Porque os governos Lula e Dilma Rousseff usaram e abusaram do que eles mesmos batizaram de “contabilidade criativa”. Por vezes, reduzir a pobreza era simplesmente alterar a forma de cálculo, diminuindo o limite que separava os mais pobres da classe média.

E porque a violência é um problema por demais complexo para ser fruto de um único fator. A própria matéria do Globo enumera um punhado de explicações. E não chega a qualquer conclusão definitiva.

Na verdade, se alguém disser que entende o que está acontecendo no Brasil, está mentindo. Pois não há informação confiável o suficiente para se chegar a qualquer conclusão.

Notícias Recentes

To Top