Blog

Presos da Operação Lava Jato usaram celular na prisão

Paulo Roberto Costa indicou irregularidades na prisão da Polícia Federal, em Curitiba, onde teria até comido um prato de costela.

pauloroberto2

Segundo a Exame, Paulo Roberto Costa indicou em delação premiada irregularidades na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba.  O ex-diretor da Petrobras disse que usou o telefone celular para falar com a família e que comeu um prato de costela – provavelmente pago por Yusseff, o único com dinheiro em espécie na carceragem.

Militantes governistas chegaram a dizer que as prisões da operação seriam arbitrárias e até desumanas. Como se vê, parece que não foi bem assim.
To Top