Blog

Processo de impeachment contra Temer acabará sendo o maior tiro no pé da Dilma e do PT

O principal: derruba o “argumento” de que seria golpe.

Michel Temer - Dilma Rousseff

A militância – que, se pensasse de verdade, não seria militante – chegou mesmo a comemorar a decisão de Marco Aurelio de Mello, do STF, de determinar abertura do procedimento de impeachment contra Michel Temer.

O primeiro a aventar isso de forma pública, aliás, foi Cid Gomes, ex-ministro e aliado de Dilma.

Agora vem a estratégia da coisa: Cunha já começa a preparar o procedimento sobre Michel Temer. Na melhor das hipóteses (e pior para o governo), ele seguirá todos os ritos, mostrando que é um processo democrático, aberto a defesa, ‘acusação’ etc.

Não passará, claro. O de Dilma passará. E, com isso, os petistas perderão o argumento de que foi golpe.

Afinal, AMBOS, Dilma e Temer, foram submetidos ao mesmo processo com os mesmos critérios e julgados pelos mesmos parlamentares. Democracia, pois.

Tiro de canhão no pé de Dilma e no pé do PT.

Notícias Recentes

To Top