Blog

Que fique claro: a pichação defendida pela esquerda prejudica principalmente os mais pobres

Basta observar os bairros mais atacados por pichadores e a insegurança que salta de seus muros

Pichação é uma praga urbana. Mas a esquerda é tão ruim da cabeça que se deu a defender até mesmo esse ato de vandalismo. Não é de hoje que agem assim, mas aumentaram os gritos recentemente, uma vez que João Doria declarou guerra aos pichadores de São Paulo.

É preciso, no entanto, deixar algo bem claro: os pichadores prejudicam principalmente a população mais pobre das cidades. Ela passa uma tremenda sensação de insegurança onde a segurança já inexiste. Com isso, desvaloriza imóveis, prejudica pequenos comerciantes, causa prejuízo à toda vizinhança.

O que acontece quando um condomínio ou loja é pichado num bairro rico? Há verba para, no dia seguinte, limpar a sujeira. O mesmo não ocorre na casa da família pobre, que precisa se conformar com a imundice praticada por vândalos em suas residências.

O esquerdismo se comporta assim e depois irá reclamar do resultado das urnas.

To Top