Blog

Redes sociais de políticos têm mais alcance e influência que muitos veículos tradicionais

Até bem pouco tempo atrás, os governantes (e demais políticos) dependiam da grande imprensa para suas divulgações; hoje, a coisa está um tanto diferente.

Até bem pouco tempo atrás, os governantes, parlamentares e demais políticos dependiam da grande imprensa para suas divulgações. E também se sentiam extremamente ameaçados diante de eventuais campanhas que pudessem sofrer. Mas é razoável dizer que esse tempo, se ainda não acabou de vez, já começou a despedir-se da realidade dos fatos.

Talvez alguns pensem em Trump como o exemplo mais patente, já que ele se elegeu enfrentando ataques de praticamente todos os veículos; e agora tem simplesmente atropelado muitas redes grandes, numa postura de agressividade declarada. Em sua primeira entrevista depois de eleito, por exemplo, negou pergunta à CNN, atacando a emissora por conta do episódio do dossiê falso. Mas não é dele que falaremos.

Quem vem surpreendendo a todos é mesmo João Dória, que por sinal tem perfil conciliador, nunca respondendo aos veículos de forma agressiva, nem jamais os atacando. Talvez também por isso, suas redes particulares de veiculação cresceram de forma estrondosa e vem mostrando alcance e influência até então inéditos, superando muitos veículos tradicionais.

Um levantamento recente revelou que a busca por seu nome é hoje infinitamente maior do que fora aquela sobre seu antecessor petista. Em outra reportagem, de veículo diferente, constata-se que seus perfis “bombam” nas redes, com direito a alguns números impressionantes.

Mas a coisa ainda é maior.

Serve de exemplo este vídeo, com uma visita surpresa à AMA Butantã, ou seja, um negócio que definitivamente não atrairia a atenção de ninguém. Certo? Errado. Vejam só:

Até a feitura deste post, eram 4,2 milhões de visualizações. Sim, QUATRO MILHÕES E DUZENTAS MIL VIZUALIZAÇÕES. E ele foi compartilhado mais de 60 mil vezes, tendo 114 mil reações e 14 mil comentários. Tudo muito predominantemente positivíssimo. Tente achar alguma outra página do Brasil que tenha esses números em qualquer rede social… Aliás, tente achar mesmo um grande jornal que tenha “leitorado” tão ativo.

Ah, mas só foi uma vez, um caso isolado… Não. Confiram este outro post:

É um comunicado de remanejamento orçamentário, algo que ninguém suporia atrair tanta atenção. Pois atraiu. Foram mais de 58 mil compartilhamentos, 202 mil reações e 17 mil comentários. Novamente, praticamente tudo em tom positivo. São estatísticas que não se vê mesmo em páginas de veículos gigantes.

São diversas publicações e todas elas com números altíssimos, algumas – como visto – com estatísticas de fato inacreditáveis. Quem quiser ver todos os números, aqui está a página. Mas vale adiantar mais dois: até o momento, 1,4 milhões de curtidas e inacreditavelmente UM MILHÃO E MEIO de pessoas “falando sobre isso” – importante este último índice, pois há várias páginas com número alto de likes, mas pouca gente de fato interessada diariamente em seus conteúdos.

E não são posts promovidos, vale ressaltar.

Qual o segredo? Uma soma de fatores, que vão do contexto atual da nossa política, passando pelos efetivos acertos das medidas da nova gestão paulistana, bem como o trabalho absurdamente profissional de quem cuida da página. Mas isso é coisa para outro debate.

O fato aqui é o seguinte: hoje, é comprovadamente possível a um político que ele tenha meios próprios de comunicação independente que atinjam MAIS PESSOAS do que muitos veículos tradicionais.

Não há qualquer exagero em dizer que se trata de uma nova era para a comunicação.

To Top