Blog

Renan ataca Temer e toma uma resposta histórica

Objetiva e BEM direta.

O Presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB/AL), partiu para cima do Vice-Presidente Michel Temer (PMDB/SP), culpando-o por uma crise no partido, por conta da decisão do colegiado em não admitir novas filiações (que seriam, segundo se especulou, estratégia para fortalecer Picciani). Temer respondeu à altura.

As palavras de Renan foram as seguintes:

“O PMDB é um grande partido, porque não tem dono, é democrático. É um partido muito forte por isso (…) Como é que pode a Executiva querer dizer agora quem é que vai poder entrar e quem não vai poder entrar? Ou seja, o PMDB a partir dessa decisão passará a ter dono? Isso é um horror (…) Isso é um retrocesso para a democracia”.

A resposta de Temer foi MUITO contundente:

“Sobre as declarações do presidente do Senado, cabe destacar que:

1 – A Comissão Executiva Nacional do PMDB é órgão colegiado com plena competência para tomar decisões que preservem o partido de manobras e artimanhas que quebrem artificialmente a vontade expressa legitimamente pelas suas instâncias internas. Neste momento, os disputantes da Liderança na Câmara dos Deputados buscavam filiar deputados transitórios apenas para assinarem lista de apoio. Isto fragilizaria o PMDB. Por isso, a decisão da Executiva de evitar tais procedimentos.

2 – É correta a afirmação de que o PMDB não tem dono. Nem coronéis.
Por isso, suas decisões são baseadas no voto. O resultado apurado na reunião de hoje da Executiva foi de 15 votos a favor da resolução e dois contrários, resultado revelador de ampla maioria. Decisão, portanto, democrática e legítima.

3 – O deputado Ulysses Guimarães foi a maior liderança do PMDB.
Qualquer jovem peemedebista sabe que seu desaparecimento se deu em um acidente em Angra dos Reis, em 1992. Seu corpo repousa no fundo do mar e devemos manter o respeito à sua história e sua memória, sem evocar seu nome em discussões que em nada enobrecem seu exemplo de retidão, honestidade e decência para todo o PMDB.”

Michel Temer - Renan Calheiros

Na jugular. E o clima entre as alas pró e contra Dilma, no PMDB, parece cada vez mais “caloroso”.

Mais Lidas

To Top