Blog

Renan avisa a Temer que Senado confirmará o impeachment de Dilma

E mais: ele estaria engajado em tal aprovação. Desse modo, a militância petista a partir de agora provavelmente começará a xingá-lo (vinha sendo poupado até hoje).

Renan Calheiros - Dilma Rousseff

Tanto Dilma quanto PT ainda sustentam esperanças, o que é natural e faz parte do jogo. Lula, vez por outra, também aparece como eventual articulador de uma virada. Além disso, toda a militância prossegue “lutando” (leia-se: colocando filiados sindicais nas ruas ou postando nas redes).

Mas parece que agora a coisa dará uma esfriada. É que Renan Calheiros (PMDB/AL), presidente do Senado, comunicou a Michel Temer que a Casa confirmará o impeachment de Dilma Rousseff. Não apenas já haveria uma matemática para a aprovação da saída definitiva da petista, como o próprio Renan se engajaria na aceleração do processo. A informação foi passada em jantar do qual também particiou Rodrigo Maia (DEM/RJ), Presidente da Câmara.

Resultado: a partir de agora, a militância do PT passará a xingar o presidente do Senado (até então, ele estava a salvo).

Leia tambémEm vídeo patético, senadores do PT comemoram a anulação do impeachment que seria revogada

Notícias Recentes

To Top