Blog

Se Romero Jucá usou o termo “suruba” para desviar o foco da coisa, deu certíssimo

Ele é experiente demais para ter cometido um mero deslize.

A esta altura, todos já leram a frase de Romero Jucá (PMDB/RR). Ainda assim, vale repetir (a análise vai a seguir):

“Se acabar o foro, é para todo mundo. Suruba é suruba. Aí é todo mundo na suruba, não uma suruba selecionada”

É uma ameaça escandalosa, um verdadeiro acinte. Praticamente, uma chantagem explícita contra o STF, que votará/votaria pela restrição do foro privilegiado e, por conta disso, seria apresentada uma PEC para acabar com o foro das autoridades da justiça.

Mas ele usou a palavra “suruba” e foi isso que chamou atenção. Analistas e apresentadores ficaram chocados com a falta de modos, e no fim das contas a ESSÊNCIA da coisa ficou em segundo plano.

Pode ter sido um deslize que deu certo, mas como se trata de uma raposa da política, é legítimo supor que tenha calculado. Não se trata de alguém ingênuo, que cometeria uma gafe desse tipo sem qualquer cálculo.

É justo, portanto, supor que tenha sido justamente esse o plano. E, se assim for, deu certíssimo.

Quase ninguém falou da chantagem acintosa, detendo-se na bobagem de uma palavra chula. O Brasil é assim.

Fonte: Estadao

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

Mais Lidas

To Top