Blog

Serra, com razão, prega aliança contra o PT em 2012

Segue trecho da reportagem da Veja Online, logo voltamos:

O ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB-SP), defendeu uma aliança do seu partido com “aliados frequentes” para enfrentar o PT na disputa pela prefeitura de São Paulo em 2012. O tucano referia-se ao grupo do atual prefeito, Gilberto Kassab (PSD), que já manifestou reiteradas vezes sua disposição em buscar aliança com os tucanos. Serra participou da inauguração de uma sala na liderança tucana da Câmara que recebeu o nome de Artur da Távola, em homenagem ao senador Paulo Alberto Monteiro de Barros, falecido em 2008. “Em São Paulo haverá dois lados na eleição: o nosso lado e o do PT. O Lula disse, antes de ficar doente, que o PT deveria trabalhar, unir os diferentes para enfrentar os antagônicos. Não sou habitualmente seguidor do pensamento do Lula, mas, nesse caso, eu sou. Nós temos que ter uma aliança em São Paulo porque essa eleição vai ter dois lados, não vai ter três”, disse Serra.” (grifos nossos)

Comentário
Parece chover no molhado, mas para o PSDB é REALMENTE preciso explicar que são oposição ao PT. A recomendação de Serra também evidencia a grande circunstância política: eleições municipais são sempre uma espécie de prévia das estaduais/federais – não que garantam tudo, mas dão origem aos desenhos político-partidários que darão motivo às alianças futuras. E não haverá nunca uma aliança PT x PSDB, além do fato de que, se quer mesmo mostrar-se como opção, é preciso pelo menos ESTABELECER-SE como uma opção ao adversário.

Sérgio Guerra, nada menos que o PRESIDENTE DO PSDB, não descarta alianças com o grande adversário PT, tendo sido chamado de incoerente por Fernando Mitre, em entrevista ao vivo na BAND. Mitre tem razão.

Nunca inseriu um código de desconto no Cabify? Experimente usar o código "IMPLICANTE" e ganhe 50% OFF (com desconto máximo de R$ 20) em 3 corridas.

Notícias Recentes

To Top